Legislativo realiza sessão ordinária nesta terça-feira (17)

Votações de projetos do Executivo, reajuste aos servidores e outros assuntos foram deliberados na plenária desta terça-feira (17).

Mais um importante projeto de lei do Executivo foi aprovado pela Câmara na sessão desta terça-feira (17).
(Foto: Silmara Portes/CMC)

Na tarde desta terça-feira (17), aconteceu mais uma sessão ordinária na Câmara Municipal de Colombo, sendo os trabalhos legislativos presididos pelo vereador Vagner da Viação (PP) e com as presenças dos demais 17 parlamentares que compõe a atual legislatura.

Entre as aprovações, em segundo turno, estavam dois projetos de lei de autoria do Poder Executivo. O PL 20/2022 fixa o piso salarial do magistério como vencimento básico para os cargos de professor e educador infantil. Já o PL 21/2022 dispõe sobre a reposição salarial anual dos servidores públicos do município de Colombo. Ambas as matérias foram aprovadas por unanimidade. Com as aprovações, agora os PLs precisam ser sancionados pelo prefeito Helder Lazarotto (Republicanos), para ter validade. Confira a pauta da sessão ordinária.

Ainda na reunião plenária, 12 indicações foram elaboradas pelo presidente do Legislativo, vereador Vagner da Viação (PP) e pelos parlamentares Anderson Prego (PT), Vital Cabelereiro (PTC), Fabinho Bugalski (PSD), Nivaldo JNP (PDT), Giovani Strapasson (PTB), Evandro França (Republicanos) e Pastor Carlinhos (PP). Uma indicação foi encaminhada à Prefeitura Municipal e demais aos secretarias municipais.

Projeto de Lei do Legislativo – De iniciativa da Mesa Diretora, foi divulgado o PL do Legislativo 1044/2022 que concede revisão geral anual aos servidores públicos do Poder Legislativo.

Homofobia – 17 de maio é o Dia Internacional de Combate à Homofobia. Esse foi um dos assuntos comentados pelo vereador Anderson Prego (PT). Ele destacou a celebração da data “para promover o combate ao preconceito e conscientizar a sociedade sobre a importância de igualdade de direitos”.

Repúdio – Reclamações contra os serviços prestados pela Sanepar continuam rendendo comentários e críticas no Legislativo colombense. O reajuste de 4,963% na tarifa de água e esgoto aplicado pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) foi debatido pelos vereadores na sessão desta terça-feira (17). O aumento foi autorizado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar) e ocorre na 2ª Revisão Tarifária Periódica (RTP). Segundo a Agepar, o reajuste ocorre considerando o desenvolvimento de trabalhos de revisão tarifária. As novas tarifas entraram em vigor nesta terça-feira (17).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *